Carta aberta ao André Balada

Caro senhor André Balada, penso que o centroavante tem que fazer a parede e fazer gols, muitos gols! Neste momento em que o torcedor te critica, eu como torcedor lhe digo: siga em frente.

O único pedido que eu faço para você e para o meu ídolo Renato Portaluppi é que a história seja repetida, que consigamos calar 90 mil Flamenguistas em pleno Maracanã e se possível com gol seu como foi em 1997 com o gol do Carlos Miguel.

Nesse clube gaúcho Campeão Mundial já vi muitas criticas desde que nasci e me tornei torcedor gremista, muitos atacantes como Zé Afonso , Nildo , Zé Alcino e por ai vai. A história e a tradição gremista colocou eles entre os grandes, Nildo campeão da Copa do Brasil em 1994, Zé alcino e Zé Afonso que dupla meus senhores, eles foram campeões brasileiros em 1996, e o que dirá do renegado Aílton, a esse meio campista tem história.

Foi dele o gol do titulo brasileiro de 1996 contra a Portuguesa, ele era renegado como o André, mas deu a volta por cima e conseguiu conquistar o Brasil. Quem sabe o nosso centroavante que atuou no Santos  e no Sport Recife e era Artilheiro nestas duas equipes consiga voltar a reviver os grandes momentos que viveu no futebol Brasileiro e conquistar a América.

Eu somente digo uma coisa: eu acredito e muito no trabalho do Renato Portaluppi e nos gols do André Balada. Digo mais: quem sabe no dia 23 de outubro possamos sair do Maracanã com a classificação e com gols do André Balada e do Luan, na minha opinião, dois grandes jogadores que vivem um mau momento, mas jamais perderão a majestade.

Este site usa cookies para guardar sua experiência e abrir mais rápido na próxima vez que visitá-lo. Deseja continuar navegando neste site? Aceito Ler mais

Políticas de Privacidade & Cookies