Grêmio teria escado Kannemann irregularmente contra o Cruzeiro? Entenda o caso

0 22.505

Muitos questionamentos foram levantados sobre a utilização de Kannemann na Vitória diante o Cruzeiro. Tudo por conta da expulsão do zagueiro na Copa do Brasil. Como o time foi eliminado, muitas pessoas acham que Kannemann deveria cumprir a suspensão no Campeonato Brasileiro.

Entretanto no parágrafo 1 do artigo 171 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Na regra, está disposto que “quando a suspensão não puder ser cumprida na mesma competição, campeonato ou torneio em que se verificou a infração, deverá ser cumprida na partida, prova ou equivalente subsequente de competição, campeonato ou torneio realizado pela mesma entidade de administração ou, desde que requerido pelo punido e a critério do Presidente do órgão judicante, na forma de medida de interesse social”.

Porém o Grêmio não corre nenhum risco! Kannemann só não poderia enfrentar o Cruzeiro caso tivesse sido julgado anteriormente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Nos próximos dias, Kannemann deve ser levado aos tribunais pela gravidade da infração, o que ainda não tem data para acontecer.

Como está explicado no
artigo 62 do Regulamento Geral da CBF, explica o que acontece em caso de punição subsequente a uma eliminação: “Se ao final de uma competição restar pendente penalidade de suspensão por partida aplicada ao atleta pelo STJD, seu cumprimento dar-se-á, obrigatoriamente, na primeira partida de competição subsequente coordenada pela CBF, dentre aquelas que estejam em andamento”.

Portanto Kannemann estava apto a enfrentar o Cruzeiro e o Grêmio está livre de qualquer punição.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy